Um dos mais belos contos infantis da literatura mundial, “A Bela e a Fera” dá sequência em setembro a programação do primeiro festival de contos de fadas do Brasil,“Era uma vez…eram duas, eram três”, que estreou em junho em Curitiba e segue até novembro. A obra clássica de Jeanne-Marie Le Prince de Beaumont  ganha uma versão inédita da Cia do Abração, por meio de uma adaptação para o contexto brasileiro dos bailes de carnaval. O espetáculo será encenado, nos próximos dias 13 e 14 de setembro, no palco do Teatro Bom Jesus, às 16h. Toda a renda da bilheteria será doada ao Hospital Pequeno Príncipe.

A montagem apresenta o pedido de Bela a seu pai, um ex-compositor de samba, agora caixeiro viajante, que lhe traga de presente o samba da Rosa. Infortunadamente, o pobre homem escuta o samba vindo do castelo de uma terrível Fera. A trama leva para uma reflexão sobre a importância da música e da poesia na construção das relações humanas.

A Bela e a Fera”, em sua essência, é uma peça para toda a família. Sua mensagem é simples, eficiente e capaz de emocionar, ao combater o preconceito e dizer aquilo que deveria ser natural e inerente às relações humanas: o que importa é o caráter de uma pessoa, suas intenções e atitudes, e não apenas seu visual.

O enredo original de “A Bela e a Fera” traz uma velha senhora que chega ao castelo de um príncipe cruel e mimado e oferece-lhe uma rosa em troca de abrigo para o frio.  Horrorizado pela feiura dela, o príncipe manda-a embora. A velha senhora percebe que não havia amor no coração dele e transforma-o numa fera horrenda e joga uma praga no castelo e em todos que lá viviam. A rosa que ela ofereceu era encantada e irá florescer até o 21º ano, tempo que ele terá para amar e ser amado. Só assim conseguirá quebrar o feitiço, caso contrário, estará condenado a ser fera para sempre. A sua sina começa a mudar quando a fera conhece uma jovem chamada Bela. Entremeada por cenas de amor, ciúmes, ódio, paixão, companheirismo, cuidado e solidariedade, a peça encanta tanto crianças quanto adultos.

Cumprindo o objetivo de promover a democratização do acesso aos bens culturais, o projeto ainda prevê contações de histórias mensais no Hospital Pequeno Príncipe e apresentações exclusivas dos espetáculos encenados no Teatro Bom Jesus, para os alunos da Associação Eunice Weaver.

Show de “A Bela e a Fera” – Serviço

Quando: 13 e 14 de setembro (sábado e domingo)

Onde: Teatro Bom Jesus (Rua 24 de Maio, 135)

Horário: 16h

Quanto: R$36 a inteira e R$21 a meia-entrada

Ingressos: Disk Ingressos

Classificação: Livre