‘7 Desejos’ é mais um “terror” esquecível

Como já é de costume nos lançamentos cinematográficos, volta e meia aparece algum filme que visa assustar o espectador com uma premissa pouco usual. 7 Desejos surge nesta quinta (27) como mais uma aposta do gênero terror adolescente, estilo bem comum na última década e que possui boa gama de fãs por aí.

Conhecemos aqui a jovem Claire, uma garota excluída no colégio e com problemas em casa. Tudo muda quando ela recebe de seu pai uma caixa mágica com o poder de conceder 7 desejos. A garota ainda meio reticente resolve desejar melhorias para a própria vida, porém quando concebidos coisas ruins começam a acontecer.

O longa conta com Joey King no papel principal, atriz que apesar dos 16 anos, já possui um currículo bem extenso e ganhou fama em ‘Invocação do Mal’. A direção caiu nas mãos de John Leonetti, de ‘Annabelle’, e com larga participação na produção de terrores. Barbara Marshall é a roteirista, escreveu anteriormente o impopular ‘Viral’ e mais nada. São três nomes que explicam muito o excesso de problemas presentes em 7 Desejos. A protagonista não tem o mínimo de desenvoltura em cena. O diretor não sabe conduzir sequências tensas e nem ambientar mortes. Já o roteiro contém uma boa premissa e consegue estragar indo de encontro ao óbvio, não explorando como deveria.

Toda a temática de desejar algo e o ver se realizar gera certo alvoroço, pois acabamos nos imaginando nesta situação. Aí entra o fator de que a cada desejo concebido algo ruim acontece, o que é interessante. E ainda existe o mistério da tal caixa mágica, com um demônio dominando o objeto. São muitos fatores que levariam qualquer produção ao sucesso. Não é o caso com 7 Desejos, totalmente óbvio e mal feito, e isso é bem frustrante . O filme toma um rumo que beira um drama adolescente, misturado com as péssimas mortes no estilo de ‘Premonição’. Não existem sustos, gore, momentos tensos e nem um pingo de suspense.

Existe aqui a aposta nessa pegada meio melodramática de que toda ação tem uma conseqüência, e nisso acaba se esquecendo criar a tensão necessária. 7 Desejos apresenta diversas falhas e não se consolida como terror, o que vem se tornando corriqueiro no gênero ultimamente. O longa até consegue entreter com sua premissa, de certa forma incomum, que gera curiosidade. No final das contas pode ser tratado como opção válida, se aproveitando da escassez de títulos bons nos últimos anos.

Nota: 3,0

Trailer – 7 Desejos

Por Adalberto Juliatto
27/07/2017 17h46