Ano novo, rolês novos. Se você é um amante do mar e em 2020 quer desbravar pontos turísticos paranaenses fora das tradicionais praias do nosso litoral, vale a pena dar uma chance para as nossas ilhas. Além da conhecidíssima Ilha do Mel, o Paraná tem um catálogo cheio quando o assunto é terra em alto mar.

Nesta lista, vamos falar de ilhas de fácil e difícil acesso, ficando a cargo do gosto de cada um escolher qual a mais atrativa para se aventurar. O acesso às ilhas é feito, normalmente, através de pequenos barcos que são oferecidos pelas comunidades que vivem nas cidades próximas destes locais.

ps.: se você for se aventurar em alguma, não vá sozinho e procure sempre as pessoas corretas que possam te acompanhar!

ILHA DO PINHEIRO

(Foto: Reprodução/Wiki Parques)

Localizada no Parque Nacional do Superagüi, litoral norte do Paraná, no município de Guaraqueçaba, a Ilha do Pinheiro é um destino turístico de tirar o fôlego. É conhecida, principalmente, pelas revoadas diárias dos papagaios de cara-roxa, que usam a ilha como dormitório. Diariamente, estes animais deixam a ilha pela manhã em busca de alimento e retornam no final da tarde, sempre por volta das 17h. Por conta disso, o local é conhecido também como Ilha dos Papagaios.

(Foto/Reprodução: Zig Koch/O Eco)

Hoje, o entorno da Ilha do Pinheiro é considerado como um dos melhores pontos de pernoite no interior da baía de Paranaguá.

ILHA DAS BANANAS

(Foto: Reprodução/Nosso Litoral Paraná)

A Ilha das Bananas está localizada na baía de Paranaguá, bem próximo da cidade. Apesar do nome sugestivo, a ilha não tem nenhuma bananeira. Sua origem se deu porquê, há muitos anos, diversas canoas de carga naufragavam na região, muitas delas carregadas, justamente, de cachos de banana, que iam parar nas margens da ilha.

Nas marés altas, a Ilha das Bananas costuma ficar dividida em duas partes, já que o mar invade a faixa de areia que existe bem no meio da ilha. Quando esta faixa de areia está à mostra, se formam duas prainhas, uma em cada lado. Dentro a ilha, o único atrativo é uma gruta, formada há séculos atrás pela erosão. Costuma ser utilizada para pernoites pelos aventureiros de plantão, abrigando até 20 pessoas de uma só vez.

(Foto/Reprodução: Hotel Guarakessaba/Trip Advisor)

ILHA DAS PEÇAS

(Foto: Reprodução/Pousada Pôr-do-Sol)

Por ficar ao lado da mais conhecida ilha do Paraná, a do Mel, a Ilha das Peças quase sempre acaba passando despercebida pelos turistas. É uma ilha que costuma ser mais visitada por famílias.

A principal atração da ilha, no quesito natureza, fica por conta dos botos, que aparecem em quase todas as travessias que são feitas no entorno. Em períodos variados do ano, as raias-mantas também costumam dar o ar da graça na ilha. Outro atrativo é a culinária. São dois restaurantes tipicamente caiçaras que funcionam na praia, ambos com pratos caseiros para os amantes de frutos do mar.

(Foto: Reprodução/Conexão Planeta)

ILHA DAS PALMAS

(Foto: Reprodução/Águas do Paraná/Cyrus Daldin)

Outra ilha que acaba ofuscada pela fama de ilhas vizinhas é a das Palmas, que está localizada bem em frente ao farol da Ilha do Mel. É um ótimo lugar para quem gosta de passeios silenciosos, já que pouquíssimos turistas se aventuram por lá. É considerado um ótimo local, também, para pesca.

ILHA DA FIGUEIRA

(Foto: Reprodução/Sigam Ambiente)

A ilha da Figueira, localizada entre a Ilha do Mel e a Ilha do Bom Abrigo, na altura do povoado de Barra do Ararapira, é um rolê para os mais experientes quando o assunto é mar. Primeiro, porque as águas no entorno da ilha não são das mais tranquilas – e por ela ser formada por uma enorme pedra no mar, há risco de acidentes. Segundo, porque o principal atrativo do local exige, realmente, mais habilidade: uma caverna submersa, a cerca de sete metros de profundidade, que avança 15 metros ilha adentro.

O local é muito visitado, principalmente, por mergulhadores, que por diversas vezes relataram contato com os grandes peixes meros. Muitos visitantes se aproximam apenas para registrar o local em fotos, que possuí uma beleza ímpar.

ARQUIPÉLAGO DOS CURRAIS

(Foto: Reprodução/Mar Brasil/Next Aero Marketing)

Na altura da praia de Leste, em Pontal do Paraná, está o arquipélago que reúne as conhecidas Ilhas dos Currais. O conjunto de ilhotas, que forma um verdadeiro parque marinho, é conhecido por ser um dos principais pontos de mergulho do litoral paranaense, com boa visibilidade no fundo do mar. Diferente das demais mencionadas nesta lista, as Ilhas dos Currais não são aconselhadas para desembarque, já que, além de serem refúgios para aves marinhas, são infestadas de aranhas. Beleza para se admirar, mas de longe.

Já visitou algumas destas ilhas paranaenses? Ou alguma outra que ficou de fora da lista? Então manda uma foto pra gente lá no Instagram, no @curitibacult!

You have Successfully Subscribed!