A password will be e-mailed to you.

Chegou hoje (9) ao catálogo da Netflix mais uma produção original da empresa, seguindo a expansão em massa do serviço. Trata-se de Quando Nos Conhecemos, comédia romântica de trama não tão original assim, mas com um resultado final muito agradável.

A história gira em torno de Noah (Adam Devine) e Avery (Alexandra Daddario), que se conheceram em uma festa e tudo levava a crer que seriam o casal perfeito. Porém anos depois, Avery está prestes a se casar com Ethan (Robbie Amell) para desilusão de Noah que ficou preso na amizade. Só que tudo muda quando o rapaz descobre uma máquina do tempo numa cabine de fotos, a qual o leva diretamente para o dia em que se conheceram. Noah agora tem a chance de conquistar a garota dos seus sonhos, e reviver tal dia até descobrir o que aconteceu de errado.

Pareceu muito com o clássico Feitiço do Tempo de Bill Murray né? Talvez essa seja a intenção e o grande chamariz, mas com o encaminhar vemos que não é bem assim. Diferente de obras recentes, que repaginaram tal premissa, Quando Nos Conhecemos segue por um caminho deveras interessante e oportuno. Poder analisar os atos e os efeitos no futuro/presente, foi uma tacada genial; assim como o desdobramento romântico.

Com direção de Ari Sandel e roteiro de John Whittington, é uma obra que buscou focar na jovialidade para acertar. Enquanto Sandel possui apenas o ótimo e desconhecido por aqui ‘DUFF’ no currículo, Whittington é a mente por trás da franquia LEGO nos cinemas. Ou seja, dois novatos com frescor criativo para pegar um plot batido e revitalizá-lo para uma nova geração de espectadores.

Quando Nos Conhecemos conta com um excelente elenco, bem entrosado e possuindo bom nível cômico. Tanto Devine e Daddario, quanto o elenco “coadjuvante” composto por Amell, Shelley Hennig e Andrew Bachelor. Todos brilham em cena e contribuem imensamente para o encaminhamento deste filme original Netflix.

Ultimamente sentimos falta de filmes leves e fácil compreensão, que consigam entreter e ao mesmo tempo deixar uma bela mensagem. E é aí que entra Quando Nos Conhecemos, com toda sua fofura e levantando questionamentos existenciais sobre relacionamentos. Sabendo dosar bem o humor junto de cenas românticas, temos um novo ponto de vista sobre friendzone, escolhas pra vida e suas consequências; além é claro das casualidades do amor.

Trailer – Quando Nos Conhecemos