Uma senha sera enviada para seu e-mail

O Museu Oscar Niemeyer inaugurou a mostra Breu, de Júlia Kater, composta por desenhos, textos, recortes e um vídeo que dá nome à exposição. Na instalação “Desenhos Livres sobre Temas Impostos”, Júlia une seu trabalho de artista com o de pedagoga e provoca questões relacionadas ao desenho alfabetizado.

A artista nasceu em Paris, mas atualmente vive em São Paulo e trabalha com instalações, desenhos, vídeos e fotografias. A mostra fica em cartaz até o dia 16 de setembro, na sala 6 do Museu Oscar Niemeyer.

Outras exposições em cartaz no mês de julho

“Ásia: a Terra, os Homens, os Deuses”

A exposição é a primeira realizada com peças da coleção de obras asiáticas doadas pelo diplomata Fausto Godoy ao MON. A mostra traz um recorte de 200 obras entre as três mil que compõem a coleção. Peças raras, de forte conteúdo simbólico, representam o cotidiano arcaico ou contemporâneo de civilizações asiáticas. China, Japão, Índia, Laos, Butão, Irã, Afeganistão e Vietnã são alguns dos países de origem das peças.

Luz  Matéria

Apresenta uma seleção de obras do acervo do MON, buscando aquelas que têm como ponto comum a luz de um lado e, de outro, a materialidade. Embora aparentemente divergentes, diametralmente opostas, até convém lembrar que, para a física, estão muito mais próximas do que se pensa.

“Diálogo Design: Polônia Brasil”

A exposição reúne cartazes históricos e contemporâneos. Apresenta ícones do design polonês e brasileiro, estabelecendo uma justaposição entre design de produtos e design gráfico. Os cartazes históricos são exemplos de obras antigas usadas para a promoção da Polônia no exterior. Os designers gráficos contemporâneos desenvolveram cartazes sobre seus respectivos países, inspirados nos trabalhos dos seus predecessores. Há, também, produtos industriais contemporâneos considerados icônicos para o design da Polônia e do Brasil.

“Paisagens Construídas”

Hoje, toda paisagem é construída, toda natureza é modificada, domada. É o que a arte nos demonstra. Marlos Bakker descobriu nas redes sociais uma imensa comunidade que cultua não o céu, mas os aviões. Artur Lescher inventou um rio com a lógica das máquinas, como os pobres rios que escoam em hidroelétricas. Gisela Motta & Leandro Lima soltaram um raio no Olho. Um raio doméstico, portátil. Venha curtir a paisagem.

Serviço: Exposições no Museu Oscar Niemeyer

Quando: de terça a domingo (até 16 de setembro de 2018)

Onde: Museu Oscar Niemeyer (Rua Marechal Hermes, 999)

Horário: das 10h às 18h

Quanto: R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada)