Uma senha sera enviada para seu e-mail

Até o dia 30 de setembro, Curitiba promove a terceira edição do Festival da Carne de Onça. Ao todo serão 34 estabelecimentos participantes e o Garden Hambargueria, bar do Largo da Ordem, participará pela primeira vez do festival que é tradição na capital.

No estabelecimento o prato é montado com carne bovina moída, páprica, pimenta do reino, gema de ovo, cebola, mostarda escura, cheiro verde e tempero especial da casa. Tudo isso, pelo preço fixo de R$12,90. Além disso, de segunda a quinta, o Garden oferece em seu happy hour o chope a R$5.

Carne de Onça?

Na década de 40 existia um time que foi várias vezes campeão paranaense, o Britânia. Seu diretor era o Cristiano Schimidt. Além do time, ele era dono de um bar na Marechal Deodoro, chamado Toca do Tatu – seu apelido. Para comemorar as vitórias do Britânia, o Schimidt, que não pagava bicho, fazia uma baciada de carne crua e colocava sobre fatias de broa, junto com cebola branca e cebolinha picadas, e servia para os jogadores. Um belo dia, Duia, o goleiro, reclamou: “Poxa, Schimidt, você só serve essa carne aí que nem onça come!”. Pronto! Estava criado o nome do petisco que todos os clientes da Toca do Tatu começaram a pedir e que hoje é patrimônio cultural imaterial de Curitiba.

Para saber todos os estabelecimentos participantes, clique aqui.