Uma senha sera enviada para seu e-mail

O Festival de Inverno no Centro Histórico de Curitiba chega a sua segunda edição maior e com mais atrações culturais nos estabelecimentos que compõem a Rede Empresarial Centro Histórico de Curitiba, organizadora do evento. Serão 11 dias, de 24 de julho a 03 de agosto, com muita cultura, diversão e boa gastronomia. Além de atrações culturais, os restaurantes criaram um prato especial de inverno.

Festival de Inverno (Créditos: Divulgação)

Outra novidade, é que a partir de agora a cada nova edição uma entidade vai receber o apoio do Festival de Inverno. Este ano, parte dos valores arrecadados com a venda dos pratos principais de inverno será revertida para a reconstrução da Casa do Contador de Histórias, espaço instalado na região do Centro Histórico, que teve sua sede destruída por um incêndio. Urnas especialmente criadas pela designer Suiane Maria estarão em pontos estratégicos para receber também as doações do público ao longo dos 11 dias de duração do evento.

Cardápio com artes

A estreia de novos pratos nos cardápios e uma extensa programação cultural marcam a segunda edição do Festival de Inverno no Centro Histórico. Entre os quitutes que entrarão para os cardápios estão o Fatti, prato tradicional da culinária árabe –  Carneiro ao Molho de Coalhada e Grão de Bico -, ofertado pelo Oriente Árabe; o Risoto de carne seca com pinhão, do Jeito Mineiro; a Sopa Detox e Iogurte Grego, da Bella Vivenda e o Arroz de Sítio, com abóbora, carne seca e pinhão, da Farnel Gastronomia.

Os vegetarianos também ganharam espaço este ano.  O restaurante Nonna Giovanna, conhecido por sua culinária italiana e seu premiado bife à parmegiana aproveita Festival de Inverno para apresentar sua nova receita, o Caneloni de Ricota e Espinafre.

A programação cultural também acontece ao longo de 11 dias, também nos espaços parceiros como a Cinemateca de Curitiba, que exibirá documentários, médias e longas metragens, alguns sobre a cidade. Estão programados ainda exposições fotográficas, shows musicais, contação de histórias, oficinas, caminhadas e a bicicletada. A programação completa segue em anexo e estará atualizada em todos os canais da Rede Empresarial nas redes sociais.

Empresas participantes

Alguns dos mais tradicionais bares e restaurantes da região histórica de Curitiba fazem parte da Rede do Centro Histórico, que é formada ao todo por 15 estabelecimentos.  Entre os restaurantes, estão o Nonna Giovanna, Bella Vivenda, Oriente Árabe, Jeito Mineiro e a Farnel Gastronomia Paranaense. Ainda fazem parte da rede endereços tradicionais do Largo da Ordem, como Bar do Alemão, o Brasileirinho, o Tubas e a casa noturna Joker`s Pub.

Além de boa gastronomia, o público pode conferir diversos comércios e serviços como a loja da designer Suiane Cardoso, a Suiane Maria, com uma pequena e exclusiva produção artesanal; o Solar do Rosário, espaço de arte e cultura com galeria de arte, cursos, café e livraria. Completam a Rede a Papelaria Paper’s,  Hotel Blumenau, a União dos Escoteiros do Brasil-PR, Lolitas Salon de Coiffure, e a Bicicletaria Cultural, local que realiza diversas atividades culturais e é estacionamento de bicicletas no centro da cidade.

Mais informações no site http://www.centrohistoricodecuritiba.com.br/

SERVIÇO
Festival de Inverno no Centro Histórico
Quando: de 24 de julho (quinta-feira) a 03 de agosto (domingo)
Onde: Centro Histórico de Curitiba
Quanto: De R$5 a R$58
Classificação: Livre