Uma senha sera enviada para seu e-mail

Com sessões às 16h30 e 19h30, a partir desta quarta-feira (16) até o próximo sábado (19), o Coletivo Atlante apresenta no Cineclube do Celin a “Mostra Melhores do Ano“, com a exibição de sete filmes selecionados pelo Coletivo, responsável por idealizar diversos encontros para discutir a sétima arte.

Além de todos os filmes serem gratuitos, é uma oportunidade para assistir alguns longas destacados pela crítica especializada, como “Mia Madre”, de Nanni Moretti, “Pasolini”, de Abel Ferrara, “João Bénard da Costa: Outros Amarão as Coisas que eu Amei”, de Manuel Mozos, “La Sapienza”, de Eugène Green, “Blackhat”, de Michael Mann, e ainda  “Sniper Americano”, de Clint Eastwood, o filme de guerra de maior bilheteria de todos os tempos, sendo o mais rentável da carreira do diretor.

Programação

16/12, 16h30: La Sapienza, de Eugène Green

(La Sapienza, 2014/França – 101 min)
Arquiteto francês viaja à Itália para encontrar inspiração e conhecimento no trabalho de seus ídolos Guarini, em Turim, e Borromini, em Roma. Ele busca o renascimento e a superação do seu passado através das linhas e da história do Barroco. Mas encontra algo mais: uma história de amor.

16/12, 19h30: Blackhat, de Michael Mann
(Blackhat, 2015/EUA – 133 min)
Nicholas é um ex-prisioneiro e gênio da codificação. Liberado pela polícia para auxiliar nas investigações de um cibercrime, ele inicia uma caçada a uma rede de criminosos por Chicago, Los Angeles, Hong Kong e Jacarta.

17/12, 16h30: Minha Mãe, de Nanni Moretti
(Mia Madre, 2015/Itália – 106 min)
A Margherita é uma realizadora em plena rodagem de um filme cujo papel principal é desempenhado por um célebre – e insuportável – ator americano de origem italiana. Às suas dúvidas de artista comprometida, misturam-se angústias privadas: a mãe está no hospital, a filha em plena crise de adolescência. E o irmão, esse, como sempre, é irrepreensível… Será que a Margherita conseguirá sentir-se à altura, no seu trabalho e na sua família?

17/12, 19h30: Pasolini, de Abel Ferrara
(Pasolini, 2014/Itália – 86 min)
Em um filme onírico e visionário, uma mistura de realidade e imaginação, Abel Ferrara reconstrói o último dia de vida de Pier Paolo Pasolini.

18/12, 16h30: A Visita, de M. Night Shyamalan
(The Visit, 2015/EUA – 94 min)
Um garoto (Ed Oxenbould) e sua irmã são mandados pela mãe (Kathryn Hahn) para visitar seus avós que moram em uma remota fazenda. Não demora muito até que os irmãos descubram que seus avós estão envolvidos com coisas profundamente perturbadoras que colocam a vida dos netos em perigo.

18/12, 19h30: João Bénard da Costa – Outros Amarão as Coisas que eu Amei , de Manuel Mozos
(João Bénard da Costa: Outros Amarão as Coisas que eu Amei, 2014/Portugal – 74 min)
Uma homenagem ao cinema a pretexto da extraordinária vida de João Bénard da Costa, diretor da cinemateca portuguesa durante 18 anos mas também actor, cinéfilo, escritor inspirado e leitor criativo. Esta é uma inusual biografia que conta a vida do homem através dos seus amores, medos e contemplações, impressas na arte da pintura, do cinema e literatura. Da pintura barroca à literatura de Borges, eis o amado diário de um homem universal.

19/12, 16h30: Sniper Americano, de Clint Eastwood
(American Sniper, 2014/EUA – 133 min)
Adaptado do livro American Sniper: The Autobiography of the Most Lethal Sniper in U.S. Militar History, este filme conta a história real de Chris Kyle (Bradley Cooper), um atirador de elite das forças especiais da marinha americana. Durante cerca de dez anos, ele matou mais de 150 pessoas, tendo recebido diversas condecorações por sua atuação.

Serviço:
Quando: 16 a 19 de dezembro (quarta a sábado)
Sessões às 16h30 a 19h30

Onde: Anfiteatro 400 da UFPR (Rua General Carneiro, 480 – Reitoria, Edifício Dom Pedro I, 4° andar)

Quanto: Gratuito

Confira as listas de melhores do ano no blog.