Ryan Murphy, Brad Falchuk e Ian Brennan, criador da série “Glee“, divulgaram um comunicado nesta terça-feira (14), que criarão um fundo estudantil para Josey Dorsey, o filho de Naya Rivera. A atriz foi encontrada morta ontem (13), em um lago nos Estados Unidos.

Nosso coração está voltado para a família dela, especialmente sua mãe, Yolanda, que era uma grande parte da família Glee, e seu filho, Josey. Atualmente, nó três estamos no processo de criar um fundo de faculdade para o lindo filho que Naya mais amava“, disseram em comunicado.

Ainda em nota, os criadores lembraram de como era trabalhar com Naya durante as seis temporadas de Glee. “Foi uma das primeiras vezes que um relacionamento abertamente lésbico no ensino médio foi visto na televisão e Naya entendeu o que “Brittana” significava para as muitas jovens que estavam se vendo representadas na televisão pela primeira vez. Naya sempre se certificou de que o amor de Santana pela Bretanha fosse expresso com dignidade, força e com intenções puras. Naya sempre foi comovida pelas meninas que a procuravam para dizer o quanto o amor de Santana e Brittany as afetava. A obrigação de Naya com eles – e com todos os seus fãs – era óbvia. Ela tinha a rara combinação de humildade e confiança sem fim em seu talento“, escreveram.

Naya Rivera havia desaparecido na última quarta-feira (08), enquanto passeava de barco com seu filho de quatro anos, em um lago, no Estados Unidos. O corpo da atriz só foi encontrado pela polícia, na tarde da segunda-feira (13). Em coletiva de imprensa foi informado que é descartada a possibilidade de um suicídio. Em conversa com a polícia, o filho de Naya comentou que “viu a mãe sumindo aos poucos na água“.