Uma senha sera enviada para seu e-mail

O cinema nacional segue em expansão e investindo cada vez mais em produções voltadas ao público jovem. A mais nova aposta no cenário é a comédia Tudo Por Um Pop Star, que acaba de chegar aos cinemas; com elenco popular ao público teen, o longa promete atrair multidões aos cinemas.

Além da temática adolescente, outros pontos fizeram Tudo Por Um Pop Star alcançar um novo patamar antes mesmo de estrear. O filme é mais uma adaptação de livro best-seller escrito por Thalita Rebouças, baseado na obra homônima de 2003; tornando-se assim o terceiro título da autora que migra aos cinemas, após os sucessos ‘É Fada’ e ‘Fala Sério, Mãe!’.

A trama de Tudo Por Um Pop Star apresenta três amigas, que são hiper fãs de uma banda; e farão de tudo para conhecer os ídolos pessoalmente, independente da loucura que seja. E para interpretar tais amigas de escola foram escolhidas: Maísa Silva, Klara Castanho e Mel Maia; ou seja, três dos maiores nomes adolescentes do momento.

O filme, que é dirigido por Bruno Garotti (‘Eu Fico Loko’), ainda conta no elenco nomes como Felipe Neto, Giovana Lancellotti e João Guilherme; o youtuber é uma versão escrachada de si mesmo e elo para as loucuras do trio, enquanto a atriz torna-se companhia maior de idades das meninas e o ator vive um dos cantores da banda fictícia Slava Body.

A produção apostou forte em artistas renomados tanto na televisão quanto principalmente na internet, já garantindo assim uma massa estrondosa de fãs antes mesmo de estrear; e tal tática se mostra bem compreensível após analisar no que Tudo Por Um Pop Star se tornou.

Abordando uma temática hiper conhecida da maioria dos jovens: a paixão descontrolada por um artista; a produção certamente poderia ter desenvolvido uma premissa mais caprichada, já que tudo é muito superficial e vazio. A verdade é que Tudo Por Um Pop Star até consegue entreter os espectadores, porém se perde numa trama bem fraquinha.

O grande foco do filme torna-se a realização do sonho de conhecer o ídolo, que só acontece após muitos poréns; toda a batalha pra conhecê-los e valores de amizade ficam em segundo plano, descartados de imediato com o fútil final. O desenvolvimento em Tudo Por Um Pop Star é infantilizado até demais, com achados desnecessários e incoerentes; finalizando assim como mais uma obra que deve agradar unica e exclusivamente seu público alvo, e olha lá.

Trailer – Tudo Por Um Pop Star