Uma senha sera enviada para seu e-mail

IZA. Sim, tudo em maiúsculo. O nome artístico é símbolo de sua força e marca a presença por onde passa. Isabela Lima, seu verdadeiro nome, nasceu no Rio de Janeiro e é uma virginiana assumida de 28 anos. Além de cantora e compositora, também é formada em publicidade e propaganda, mas viu que sua vida, na verdade, pertencia aos palcos.

Na última sexta-feira (27), dia da estreia de seu primeiro álbum de estúdio, o “Dona de Mim“, conversamos com a cantora e perguntamos sobre o trabalho, além da apresentação no Coolritiba, que acontece neste sábado (05).

Coração a mil

Lançar um disco já não é uma tarefa simples. O primeiro da carreira, então, se torna uma responsabilidade ainda maior; e IZA reconhece isso: “Meus fãs estavam me cobrando o tempo inteiro, mas eu tinha que esperar, para ter a certeza de que tava tudo direitinho pra poder liberar. A repercussão do primeiro álbum é algo marcante“.

A cantora explica que “Dona de Mim” foi um presente inesperado e fugiu de toda a agenda planejada. “A gente queria achar o próximo single, que no caso era ‘Pesadão‘, então a gente fez 11 músicas, e mostramos para a gravadora e eles viram que tinha um álbum. O CD nasceu dessa forma, o que eu acho bem interessante, porque foi um presente inesperado“.

“Ser mulher é ser uma sobrevivente”

Mulher, negra e empoderada, IZA não mede palavras para usar seu espaço para dar voz às causas em que acredita. A cantora fala abertamente sobre temas como desigualdade e feminismo. “Ser mulher no Brasil já é ser uma sobrevivente e, querendo ou não, toda mulher carrega uma responsabilidade de ser praticamente o melhor que ela puder ser, porque – naturalmente, por conta da sociedade, já temos que mostrar 10x que somos capazes, por exemplo, de estar no mesmo emprego que um homem“, afirma.

Além disso, IZA também expõe o papel da pluralidade na música, com a entrada de novos nomes femininos e do mundo drag, onde em seu álbum conta com a participação de Glória Groove na música “Rebola“.

Várias meninas que estão aí se sentem estimuladas, não só pelo meu trabalho, mas pelo de todas que estão correndo atrás e fazendo música. Isso é lindo demais. É importante que a gente mostre como a música é plural, como ela é colorida, como ela tem vozes e jeitos diferentes“.

Coolritiba 

É claro que não poderíamos deixar de falar sobre o show no no maior palco ao ar livre da América Latina no Coolritiba. Apesar de lançar o seu primeiro CD antes do festival, IZA já nos afirma “A gente ta com repertório novo, mas ainda não vai ser o show novo da tour“, explica. “Mas com certeza vai ser um show muito especial“, tranquiliza a cantora.

Da mesma forma em que cantou com Rincon Sapiência no Lollapalooza 2018, não pudemos deixar de perguntar se essa parceria rolaria no festival, já que ambos estarão presentes. “Não sei, vamos deixar no ar… vai ser uma honra se isso acontecer, mas pode ter certeza que eu vou estar lá assistindo” afirma.

Para informações completas do Coolritiba, clique aqui.

Rincon Sapiência e IZA no Lolla 2018

Serviço – Coolritiba 2018

Quando: 05 de maio de 2018 (sábado)

Onde: Pedreira Paulo Leminski (Rua João Gava, 970)

Horário: a partir das 14h

Quanto: variam de R$165 a R$660, de acordo com o setor escolhido. Leitores do Curitiba Cult tem 50% de desconto com o Bônus Flyer CC

Vendas: Blueticket | Bilheteria oficial no Shopping Mueller

Atrações: Anavitória Feat Sandy & Outroeu | Baiana System | Nação Zumbi & Black Alien | Iza | Maneva | Francisco El Hombre | O Terno | Rincon Sapiência | Trombone De Frutas | Dream Team Do Passinho | Dingo Bells | Jenni Mosello | Scalene | Pitty | Emicida | Mano Brown