Uma senha sera enviada para seu e-mail

Pense na seguinte história: você tenta muito ter a profissão dos seus sonhos. Batalha, move mundo e fundos. Não dá certo. No mesmo instante, outras pessoas passam pelo mesmo que você e, por ironia do destino, vocês se encontram na vida. Os sonhos são os mesmos, as frustrações foram as mesmas. O que acontece no fim das contas? Vocês dois se juntam e, dessa junção, saem milhões, e aqui não estamos nos referindo a dinheiro, mas a visualizações, streamings e playlists. Esse é um resumo da história de Gabriela Luz e Thiago Mart, as vozes por trás do duo Mar Aberto.

O Curitiba Cult conversou com os cantores por telefone para entender e descobrir um pouco mais dessa história que, de um ano para cá, mudou, melhorou – e muito. É fácil ver vários artistas nacionais e internacionais que começaram de covers no YouTube como o brasileiro Jão e o astro do momento, Shawn Mendes. Para o duo Mar Aberto não foi diferente. Fazer uma nova leitura de músicas já conhecidas do público foi o começo e ajuda para uma jornada musical que renderia para frente grandes letras e melodias para o público.

Quando lançaram o cover de “Eu me Lembro”, no fim de 2016, iniciando assim os trabalhos do duo, nenhum dos dois imaginaria que, meses depois, assinariam um contrato com a gravadora Warner Music Brasil. Logo depois lançariam um EP com músicas inéditas, incluindo aquela que foi a música estopim para o nome do Mar Aberto ganhar os oceanos e o gosto nacional.

Com “Se Fosse Tão Fácil”, primeira música autoral, Thiago e Gabriela conseguiram mais de 12 milhões de visualizações no YouTube, 11 milhões de streamings acumulados, além de terem a canção inserida em nada menos que 51 mil playlists.

Questionados sobre os percalços e os tombos que a vida dá, Thiago comenta: “Não permita que os outros pautem o seu sonho ou o que você gosta de fazer, até porque muitas vezes as chances de você acertar são enormes”. Já Gabriela faz até uma brincadeira: “A vida é difícil, não seria o seu sonho que seria impossível”.

Agora, o duo trabalha com a inédita “Logo Agora”, lançada no fim de junho. A melodia fala sobre um relacionamento, o término dele e até onde você é capaz de ir para mantê-lo. É essa história que o duo retrata no clipe, cujo vídeo é 100% coreografado, tentando mostrar essas dificuldades, que, no fim, se resolvem.

Os próximos passos de Mar Aberto são ganhar ainda mais o mundo e conseguir ainda mais milhões por aí. “Nós temos mais 10 músicas inéditas, estamos vendo se lançamos um CD ou um EP, mas queremos rodar o Brasil todo, esse é nosso maior sonho no momento”, revela Gabi.