Uma senha sera enviada para seu e-mail

A cidade de Curitiba ganha o Vale da Música, um projeto ímpar no país que mudará o cotidiano da Ópera de Arame. Entre os pontos turísticos mais visitados da cidade, o espaço tem recebido benfeitorias e revitalizações constantes para o melhor atendimento ao público. Agora, uma nova fase se inicia com a implantação de música e cultura diariamente. Um palco flutuante e móvel no meio do lago da Ópera de Arame irá receber shows ao vivo de música instrumental, de terça a domingo, das 10h às 18h. A estreia do projeto será 21 de setembro.

A ideia de oferecer mais para a cidade com o Vale da Música veio da vocação artística do local e com o objetivo de manter a programação do espaço, além dos shows que acontecem à noite. Com a nova programação, o Vale da Música espera receber 100 mil pessoas por mês nos eventos, ao longo de um ano de projeto.

foto: Guilherme Nery

Mais de 800 shows durante um ano

Com a proposta de democratizar a cultura e dar vida ao cenário musical da cidade, o Vale da Música terá quase 200 horas mensais de shows ao vivo. Com a curadoria musical de Victor Gabriel Castro, já são mais de 50 grupos selecionados para participar. Além de composições autorais, o Vale da Música também contará em seu repertório com mais de 150 releituras de grandes sucessos da história da música desenvolvidas exclusivamente para o projeto. Para ver a programação completa, clique aqui.

Um novo cenário para a Ópera de Arame

O palco flutuante é um dos destaques do Vale da Música. Com estrutura móvel desenvolvida exclusivamente para o projeto e arquitetura que remete mais a uma escultura, o palco será visível de várias partes da Ópera de Arame, centralizado a seis metros para dentro do lago. Desenvolvido pelo arquiteto Felipe Guerra, a inspiração veio da própria arquitetura do teatro, sem interferir na composição do todo.

O palco móvel e flutuante possui 6 x 4 metros e terá um sistema de sonorização para que a música harmonize todo o ambiente. Além disso, uma iluminação especial foi criada para o palco, que o tornará uma escultura de luz em meio ao lago ao entardecer.

foto: Letícia Futata

Para fazer parte dessa experiência cultural, o público contribuirá com o valor de R$10 (inteira) e R$05 (meia). Moradores de Curitiba podem aproveitar o evento com a tarifa promocional de meia-entrada.

Um novo conceito

As novidades não param por aí. O Vale da Música é a primeira de muitas outras ações culturais que estão na programação desta nova fase do Parque das Pedreiras. Exposições, a loja do Parque das Pedreiras, o espaço gastronômico Ópera Arte e o futuro teleférico irão garantir uma nova experiência aos visitantes e moradores da cidade de Curitiba.

Serviço – Vale da Música

Apresentações musicais: terça a domingo

Horário: das 10h às 18h

Onde: Palco flutuante – Ópera de Arame (Rua João Gava, 970)

Quanto: R$10 (inteira) e R$5 (meia) – Moradores de Curitiba pagam meia

Programação: para ler a programação completa, clique aqui