A password will be e-mailed to you.

Toda sexta pede uma boa ferveção. Claro, quando tem as artimanhas festivas de Adri Menegale, o fervor de Bila Sampaio e a pitada regional de Layse Rodrigues, o festerê tá garantido. É nesse clima que o 351, na boêmia Trajano Reis, recebe mais uma edição do “Fervo do Jambu”, esquentando a noite curitibana com muita música paraense e doses homéricas de Cachaça de Jambu.

Em apenas duas edições da festa na cidade, a jamburana toma conta e o ritmo paraense ganha espaço nas pickups, aproximando o norte do sul. A partir das 22h, tem lambada, zouk, carimbó, merengue, cumbia e todo aquele sotaque cantado que só o Pará tem.

l.php