A password will be e-mailed to you.

Luiza Klocker e Lucas Ferreira, especial para o Curitiba Cult

A noite de verão fora de época de Curitiba levou milhares de pessoas à casa WS Brazil na última quinta-feira (17) para o show da funkeira Anitta. Esta é a segunda vez em menos de um mês que a cantora se apresenta na região.

Ela subiu às 2h30 da manhã cantando “Na Batida” e fez um show empolgante — mais animado do que o mostrado no mês passado em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba. No repertório estavam sucessos como “Meiga e Abusada“, “Blá Blá Blá“, “Zen“, “Cobertor” (parceria com o cantor Projota) e alguns covers, como “Suíte 14” da dupla Henrique e Diego e “Hoje” da Ludmilla.

Antes de subir ao palco, o Curitiba Cult conversou com exclusividade com a Anitta, que comentou sobre os fãs curitibanos, o novo CD e a sua indicação ao EMA.

Curitiba Cult: Dizem que o público curitibano é um público bem seletivo. O pessoal do teatro costuma dizer que, se aqui deu sucesso, vai dar sucesso no Brasil inteiro. É a segunda vez em menos de um mês que você vem para a região e, sempre que vem, lota os espaços. Como você sente esse carinho do público curitibano?

Anitta: Ah é? Nossa, que incrível! Então eu dei supercerto se eu estou vindo aqui duas vezes. É maravilhoso, eu adoro vir aqui. As pessoas são maravilhosas, me recebem superbem e eu adoro vir para cá.

CC: Pela segunda vez você está concorrendo ao EMA. O que isso significa para você e sua carreira?

Anitta: No ano passado, a gente ganhou e foi incrível. É legal para a gente medir a força do nosso trabalho e estou torcendo para a gente ganhar de novo. Tomara!

CC: O que o público pode esperar do “A3”, seu próximo álbum?

Anitta: Ele está muito eclético e diferente. Vão ver uma nova Anitta em todo o álbum, tanto na imagem quanto na música.

CC: Como você define este álbum em três palavras?

Anitta: Inovador, inesperado e irreverente!

O próximo álbum da cantora ainda não teve nome divulgado nem data de lançamento confirmada. Tudo indica que será lançado no mês de outubro. Até o momento, o único single liberado foi “Deixa Ela Sofrer”.

Foto: Lucas Ferreira / Curitiba Cult