Uma senha sera enviada para seu e-mail

Foto: Aurélio Allighiere

A Oito Tempos Cia. de Dança apresenta o seu mais novo espetáculo “Um Ano, Dois Meses e Três Semanas”, que reflete sobre o segredo da felicidade e os mapas que nos deram para almejar a sua conquista. A inspiração foi buscada em um conto chamado “El Buscador”, do psicodramaturgo argentino Jorge Bucay, que aborda de uma maneira muito singular a celebração da felicidade em uma pequena cidade chamada Kammir.

Em cada uma das coreografias do espetáculo, os bailarinos vão traduzir as suas próprias felicidades balizadas pelas virtudes cardeais do autor francês André Comte-Sponville em seu Pequeno Tratado das Grandes Virtudes. O espetáculo é de criação e produção executiva de Luiz Dalazen e direção artística e coreográfica de Sheila Santos.

As danças a dois são a essência dos movimentos em cena, transpondo as técnicas da dança de salão para o palco. Os pontos fortes são os duos, que representam a felicidade plena das personagens questionando os mapas formais que a sociedade tradicional impõe que, talvez, precisem ser revistos.

Sobre essa nova concepção artística das danças a dois, Dalazen explica: “Estamos tratando de uma nova concepção coreográfica que usa a técnica das danças a dois como ferramenta para contar uma história. Essa proposta é diferente de apresentações que apenas reproduzem no palco o que é feito nos salões. Nós transpomos os movimentos de danças a dois para o palco de forma que eles deixem de ser apenas passos, mas sim movimentos inseridos uma composição narrativa”.

SERVIÇO – UM ANO, DOIS MESES E TRÊS SEMANAS

Quando: 11, 12, 13, 18, 19 e 20 de setembro – sextas e sábados às 19h30 | domingos às 11h e às 17h

Onde: Teatro Londrina – Memorial de Curitiba (Rua Claudino dos Santos – s/n – São Francisco)

Ingressos: Distribuídos na Oito Tempos Escola de Dança (Rua Barão do Rio Branco, 261 – Centro), e os restantes no teatro uma hora antes de cada apresentação do espetáculo

Release: Luiz Dalazen