Uma senha sera enviada para seu e-mail

As profundezas da internet voltam e meia surgem com contos terríficos e supostamente reais para assustar geral. Poucas lendas urbanas, como são conhecidas, ficaram tão famosas quanto a de Slender Man há alguns anos; um ser sobrenatural de alta estatura, esbranquiçado com longos braços e comumente relacionado à desaparecimentos de crianças. O “personagem” logo ganhou fama e foi parar em diversos jogos e ainda mais contos, agora é a hora dos cinemas o receberem.

Nesse meio termo, a criação de Victor Surge feita supostamente para causar furor e tensão online se tornou um crime. Em 2014 nos Estados Unidos duas garotas de 12 anos esfaquearam uma colega, deixando seu corpo na floresta; tudo por um possível medo de Slender Man, que “requisitava” o assassinato para poupar as famílias de ambas. O caso até virou documentário da HBO, intitulado ‘Beware the Slender Man’.

Com a popularidade já garantida surgiu Slender Man: Pesadelo Sem Rosto, que chega às telas brasileiras nesta quinta (23); inicialmente programado para ser lançado em maio, o filme sofreu diversos problemas de produção e adiamentos até enfim poder estrear. A direção é de Sylvain White com David Birke como roteirista, respectivamente conhecidos por trabalhos televisivos e produções independentes; já o elenco é encabeçado por Joey King (‘A Barraca do Beijo’) e pela brasileira Julia Goldani Telles.

Slender Man: Pesadelo Sem Rosto apresenta um grupo de amigas que ao descobrirem a lenda de Slender Man decidem invocá-lo por meio de um vídeo online, porém, o que parecia apenas uma brincadeira boba acaba por acarretar no desaparecimento de uma delas e transformando a vida de todas num pesadelo em meio de várias visagens sinistras contendo o monstro.

Trailer – Slender Man: Pesadelo Sem Rosto