Uma senha sera enviada para seu e-mail

Se você também é fã de Quentin Tarantino, com certeza já conhece as marcas registradas do diretor: muito sangue, referências à cultura pop, violência, narrativas não-lineares e mais sangue. Nesse climinha de inverno e com as férias de julho se aproximando, vão sobrar oportunidades para ir para debaixo das cobertas, pegar um baldinho de pipoca e rever alguns dos filmes mais populares do cineasta. Para você não perder horas escolhendo o que vai assistir na Netflix (sim, você não está sozinho nessa), separamos, nesta lista, sete filmes do Tarantino para rever na férias.

Django Livre

No sul dos Estados Unidos, Django, um ex-escravo, se alia a Schultz, um caçador de recompensas, com o objetivo de procurar criminosos e resgatar a esposa de Django de um fazendeiro sádico. O filme de faroeste, que conta com Jamie Foxx, Christoph Waltz e Leonardo DiCaprio, rendeu a Tarantino, em 2013, o Oscar de Melhor Roteiro Original, e a Christoph Waltz o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante.

Jackie Brown

O filme policial conta a história de uma aeromoça que, em seus vôos, trafica dinheiro para um vendedor de armas. Quando policiais descobrem o esquema e oferecem um acordo para que ela entregue o criminoso, Jackie bola um plano para, além de manter sua liberdade, ficar com uma mala cheia de dinheiro. O elenco conta com atores como Pam Grier, Robert Forster, Samuel L. Jackson, Robert de Niro, Bridget Fonda e Michael Keaton.

Kill Bill (I e II)

Beatrix Kiddo (Uma Thurman), conhecida inicialmente apenas como “A Noiva”, acorda de um coma de quatro anos e busca vingança contra Bill (seu ex-amante que tentou assassiná-la no dia de seu casamento) e seus ex-parceiros do Esquadrão de Víboras Mortais, um grupo de assassinos comandado por Bill. Curiosidade 1: Lembra do “Pussy Wagon” dirigido por Lady Gaga em seu clipe com Beyoncé, “Telephone”? A aparição original do carro ocorre no primeiro Kill Bill. Curiosidade 2: A trilha sonora dos filmes é bem interessante. Uma das músicas que mais marcam a narrativa é Bang Bang (My Baby Shot Me Down), interpretada originalmente por Nancy Sinatra.

Pulp Fiction

A narrativa, que nos é apresentada de forma não cronológica, situada na cidade de Los Angeles nos anos 90, mostra três histórias diferentes: um gângster se apaixona pela mulher de seu chefe, um lutador de boxe é pago para perder uma luta e um casal decide assaltar um restaurante. Tarantino e Roger Avery receberam por esse filme, em 1995, o Oscar de Melhor Roteiro Original. A música tema do filme é “Misirlou” (que, em grego, significa “garota egípcia”), uma música grega cuja versão mais conhecida é a gravada por Dick Dale, a mesma que ouvimos no filme. O grupo Black Eyed Peas também usou samples da música em seu hit “Pump It”.

Bastardos Inglórios

O filme de 2009 conta a história de dois planos diferentes que visam o assassinato dos líderes políticos da Alemanha nazista. Um deles é arquitetado por Shoshanna, uma francesa judia que possui um cinema, e o outro é planejado por um grupo de soldados judeus inescrupulosos comandado pelo tenente Aldo Raine. Com esse filme, Christoph Waltz ganhou seu outro Oscar de Melhor Ator Coadjuvante.

Cães de Aluguel

Cães de Aluguel retrata cenas anteriores e posteriores a um roubo de diamantes que não deu muito certo. O roubo foi executado por cinco homens que se tratavam por codinomes de cores. No filme, todos os personagens que vemos são homens. Os cinco protagonistas são interpretados por Harvey Keitel, Steve Buscemi, Michael Madsen, Tim Roth e Chris Penn.

Os Oito Odiados

O filme mostra oito personagens que se protegem de uma nevasca dentro de uma pousada para diligências. A história se passa no estado de Wyoming, no oeste dos Estados Unidos, logo após a Guerra da Secessão. O clima tenso do pós-guerra é o mesmo que se estabelece entre os desconhecidos na pensão. O longa de 2015 ganhou o Oscar de Melhor Trilha Sonora Original.